COMO CONSULTAR SCORE DE CRÉDITO

Saber o seu score é muito importante, pois diversas atividades financeiras dependem dele.

Bancos e outras instituições costumam realizar uma análise da sua pontuação antes de te fornecer algum serviço como cartão de crédito, financiamentos e empréstimo.

Para saber mais sobre o score e o que fazer para melhorar o seu, confira:

O que é score de crédito?

O score de crédito, ou mais conhecido como “score”, é uma pontuação (de 0 a 1000) que indica as chances de uma pessoa ou empresa pagar em dia as suas dívidas.

Sendo assim, quanto maior é a nota, mais confiável é o CPF ou CNPJ para bancos e instituições financeiras.

Funciona como um currículo financeiro, que é consultado por empresas que desejam saber qual é o risco de liberar um cartão de crédito ou financiamento para alguém, por exemplo.

É importante dizer que essa pontuação é dinâmica, ou seja, ela varia de acordo com mudanças de hábito, renda, entre outros fatores.

Como consultar score de crédito gratuitamente?

Qualquer pessoa tem o direito de consultar o score de crédito usando o seu CPF.

Confira, a seguir, o passo a passo de como realizar a consulta gratuitamente e pela internet em dois dos principais birôs de crédito.

Como consultar score no Serasa

  1. Acesse o portal Serasa Consumidor;
  2. No banner principal, clique em “Consultar CPF grátis”;
  3. Informe os dados solicitados (CPF, nome completo, data de nascimento, e-mail e senha);
  4. Aceite os termos do site e crie a conta gratuitamente;
  5. Após a conclusão do cadastro, o portal vai mostrar o score e, se for o caso, as dívidas negativadas, propostas de negociações enviadas pelas empresas, e outros dados relacionados à pontuação.

Como consultar score Boa Vista

  1. Acesse o site Consumidor Positivo;
  2. No menu principal, clique em “Cadastre-se”;
  3. Informe o seu CPF e demais dados solicitados pela plataforma;
  4. Leia e aceite o Termo de Uso e Política de Privacidade;
  5. Depois de realizar o cadastro e fazer o login com a senha criada, o site mostrará um painel com o score, o número de consultas realizadas nos últimos 180 dias, as dívidas registradas, entre outras informações relacionadas à pontuação.

Como aumentar o score?

A pontuação de crédito é dinâmica, mas não existe fórmula mágica para aumentá-la. Confira, a seguir, algumas boas práticas para aumentar o score de crédito.

Evite dívidas (“nome sujo”)

Estar com o nome sujo em órgãos de proteção ao crédito é um dos fatores que mais prejudicam o score. Em caso de problemas financeiros, o ideal é entrar em contato e negociar com o credor o mais rápido possível para minimizar os efeitos.

Quando o problema acontece sempre, ou seja, frequentemente a pessoa tem dívidas negativadas em seu nome, a tendência é que o score fique ainda menor. Portanto, tente se organizar para manter o nome limpo.

Pague as contas em dia

Pagar as contas depois do vencimento também não é indicado, mesmo quando o atraso é só por alguns dias. Ainda que seu nome não fique sujo, a atitude demonstra uma falta de organização financeira e influencia a sua pontuação de crédito.

Além disso, o atraso pode fazer com que você pague juros e multas, o que não é nada legal para o seu bolso, não é mesmo? Colocar as contas básicas — como luz, água, internet — no débito automático pode ajudar a evitar o problema.

Mantenha os dados atualizados

Hoje em dia, as empresas conseguem cruzar informações e ter acesso aos seus dados com facilidade. Apesar disso, é interessante que você mantenha as suas informações atualizadas para garantir a transparência com as organizações e os birôs de crédito.

Afinal de contas, a ideia é mostrar para o mercado que você é confiável. Portanto, se mudar de endereço ou se tiver o seu salário alterado, por exemplo, acesse o site dos birôs de crédito para atualizar as informações no seu cadastro.

Como é calculado o score de crédito?

O score de crédito é calculado por birôs de crédito — empresas que possuem grandes bancos de dados com o comportamento financeiro dos consumidores. Essas instituições também são conhecidas como órgãos de proteção ao crédito.

Atualmente, no Brasil, existem 4 birôs autorizados pelo Banco Central que calculam a pontuação de crédito da população: SPC Brasil, Serasa, Boa Vista e Quod.

Cada uma delas possui um método diferente para calcular o score de crédito, por isso, é natural ter pontuações diferentes em cada uma delas.

De modo geral, veja quais são os principais critérios avaliados pelos birôs de crédito:

  • idade (geralmente, pessoas mais jovens têm mais risco de se enrolarem com as contas);
  • nome sujo (ter dívidas negativadas no seu CPF);
  • contas atrasadas e o valor (mesmo as contas que não estão negativadas influenciam o score de crédito);
  • histórico financeiro (quantas vezes a pessoa buscou crédito no mercado, com quais empresas realizou compras, o valor dos débitos).

Quais são os níveis de score?

O score de crédito é uma pontuação que vai de 0 a 1000:

  • até 300 pontos — o score é considerado baixo e existe um alto risco de inadimplência;

  • entre 300 e 700 pontos — o score é considerado normal e existe um médio risco de inadimplência;

  • acima de 700 pontos — o score é considerado alto e o risco de inadimplência é muito baixo.

Portanto, um bom score deve estar acima de 300 pontos, pelo menos, mas o ideal é ter uma pontuação maior que 700 para ser considerado excelente.

O que acontece se meu score ficar baixo?

Como já foi dito, o score é utilizado pelas empresas para saber o nível de risco que correm ao emprestar dinheiro para uma pessoa.

Por conta disso, quem tem um score baixo tem mais dificuldade de conseguir ser aprovado em:

  • empréstimos;
  • financiamentos;
  • cartões de crédito;
  • carnês de lojas.

Isso não significa que esses serviços nunca serão oferecidos para pessoas com o score baixo. Afinal, existem outros critérios que são analisados pela empresa.

No entanto, ter uma pontuação baixa dificulta a aprovação e pode fazer as instituições oferecerem crédito com mais juros na tentativa de evitar prejuízos.

Pelo mesmo motivo, os bancos podem oferecer um limite de crédito mais baixo para essas pessoas.

Quanto preciso de score para ter um cartão de crédito?

Não existe uma pontuação de crédito mínima necessária para ter um cartão de crédito.

Entretanto, pessoas com o score baixo (até 300 pontos), costumam ter mais dificuldade para serem aprovadas, mas isso não significa que seja impossível.

Existem, inclusive, opções de cartões de crédito para negativados.

Como consultar o score de CNPJ?

A consulta de score de CNPJ, ou seja, para empresas, é semelhante a consulta de score para pessoas físicas, com a diferença de que para as organizações o serviço não é gratuito.

Basta fazer o cadastro da empresa no Serasa Empresas ou no Boa Vista e fazer o login para ter acesso às informações.

As empresas podem monitorar a pontuação do próprio negócio e também adquirir outras soluções dos birôs de crédito, como a consulta do histórico financeiro de clientes, fornecedores e parceiros.

O que é Cadastro Positivo?

Assim como o score de crédito, o cadastro positivo também pode ser considerado um currículo financeiro.

A principal diferença entre eles é que o cadastro positivo registra as boas práticas do consumidor, como o pagamento de dívidas, a quitação em dia de contas, empréstimos e financiamentos.

A ideia é que o score positivo facilite a vida dos consumidores, para que eles não sejam considerados maus pagadores apenas por alguns deslizes financeiros.

Vale destacar que a nota do cadastro positivo influencia o score de crédito.

Os bancos de dados são administrados pelos birôs do score de crédito e a sua visualização é feita no mesmo painel. A adesão é automática, mas você pode entrar em contato com a empresa para solicitar o seu descadastramento caso queira.


Descobriu como consultar o seu score? Aproveite para comparar diferentes cartões de crédito e encontrar a opção ideal para você!

O time do Melhor Plano faz o máximo de esforço para manter toda a informação precisa e atualizada. Porém, é possível que você veja um preço diferente ao visitar especificamente o site do provedor do serviço. Ao existir uma diferença, é possível que nosso time já esteja trabalhando para atualizá-lo, ou que nosso parceiro de venda tenha oferta diferente (tentamos manter no site as melhores ofertas para você). Ao solicitar a contração de um serviço, verifique os termos da contratação com o provedor do serviço.