Carregando...

Melhor Plano

Como vender pela internet?

Confira 5 dicas para quem mal vê a hora de ter seu empreendimento virtual!

A era do e-commerce está aqui!

O grande crescimento do e-commerce ao longo dos últimos meses vem atraindo a atenção de milhares de pessoas para as vendas pela Internet. Afinal, como não é necessário um aporte financeiro elevado para ter sua própria loja virtual, assim como ocorre em outros tipos de negócio, esse mercado se tornou ainda mais interessante.

Para se ter uma ideia, segundo dados do índice MCC-ENET, desenvolvido pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital em parceria com o Neotrust | Movimento Compre & Confie, o e-commerce nacional fechou 2020 com um crescimento acumulado de 73,88% em comparação com o ano anterior!

E você, possui algum interesse em começar a vender online? Caso a resposta seja positiva, recomendamos que continue lendo o artigo a seguir. Nele, trazemos 5 dicas super úteis para quem mal vê a hora de ter seu empreendimento virtual. Leia mais!

Como começar a vender pela internet em 5 dicas

1 - Analise o mercado

Antes de qualquer outra coisa, o primeiro passo é analisar o mercado e o potencial do segmento no qual você pretende ingressar. Isso porque muitos lojistas pensam ter encontrado uma oportunidade com determinados tipos de produtos, mas, por não fazerem um planejamento anterior, acabam se perdendo pelo caminho.

Portanto, busque informações para traçar estratégias e um plano de negócio eficaz para o seu e-commerce.

Nesse momento, vale se perguntar: qual o tamanho do público potencial do mercado em questão? Quais as características dos consumidores, o que eles buscam, quais são suas dores? Existe muita concorrência? Como se posicionam as lojas que já atuam nesse segmento?

Quanto mais dados e detalhes você conseguir coletar e analisar, mais certeiro será para vender seus produtos online.

Pode ser, por exemplo, que você descubra que talvez essa não seja a opção ideal. Existem segmentos muito concorridos, com centenas de lojas consolidadas, e para se destacar você precisaria de investimentos mais elevados que fogem do seu escopo inicial.

Por outro lado, também pode ser que você identifique ótimas oportunidades de segmentos com muita oferta e diferenciais — algo que requer bastante atenção.

Não se esqueça de que a análise do mercado é o pontapé inicial para empreender na Internet. Faça esse “dever de casa” antes de começar a vender online e você certamente dará passos mais assertivos em seu negócio.

2 - Escolha uma plataforma de e-commerce

Atualmente, é possível vender pela internet de diversas formas, principalmente graças ao alcance das redes sociais. Porém, para quem deseja o e-commerce como principal fonte de renda, talvez seja melhor pensar em ter a própria loja em um site personalizado.

Mas, afinal, como escolher a melhor plataforma de e-commerce para o seu negócio?

Existem no mercado diversas ferramentas que facilitam o processo de criação e montagem da loja, já integradas com os principais recursos do comércio eletrônico. Essas plataformas de e-commerce são um grande facilitador para os lojistas terem seu próprio site.

Cabe a você analisar as principais opções e validar preços, planos, recursos, atendimento, entre outros fatores. Tudo deve estar de acordo com seus objetivos e os investimentos que podem ser feitos.

Aqui estão algumas boas práticas para fazer a melhor escolha:

  • Verifique se, no site escolhido, há limitação de produtos e restrição na quantidade de visitantes;
  • Confira se a plataforma cobra algum valor pelas vendas realizadas em sua loja;
  • Analise os recursos e integrações oferecidas por cada site;
  • Busque informações sobre como é o atendimento de Suporte;
  • Experimente gratuitamente todas as plataformas que oferecem essa condição;
  • Observe sua experiência de navegação tanto como vendedor quanto cliente.

Considerando as questões acima, você já terá informações suficientes para tomar uma boa decisão!

3 - Invista em estratégias de marketing digital

Ter sucesso com vendas é ser visto, independente do tipo de segmento escolhido por alguém. Aqui, o marketing digital pode ser um grande aliado para quem busca essa visibilidade de forma rápida e direta ao ponto.

Ações de divulgação e comunicação precisam acompanhar o seu negócio em todos os momentos. Mesmo antes de começar a vender online, é necessário buscar conhecimentos na área para traçar um planejamento de como serão seus anúncios, campanhas e materiais promocionais.

Mais do que estar presente nas redes sociais, estamos falando também de estratégias de relacionamento com visitantes, leads e clientes. Você pode criar fluxos de automação por meio de ferramentas próprias e trabalhar o envio de campanhas de e-mail marketing, por exemplo.

Além disso, para ter sucesso nas vendas pela internet, vale investir em publicações pagas nas principais mídias online. É essencial também ter estratégias de SEO para ser encontrado de maneira orgânica nos buscadores, como o Google.

Não tenha dúvida: quanto mais iniciativas você utilizar de maneira integrada, mais forte será sua presença nos meios digitais.

 

4 - Esteja nas redes sociais

Apenas contar com perfis nas principais redes sociais já não é mais novidade para ninguém. É inviável vender pela Internet sem presença digital e mídias bem estruturadas.

Mesmo que você tenha uma página específica para sua loja virtual, as redes sociais funcionarão como uma porta de entrada para o site. Em outras palavras, serão uma forma eficiente de se relacionar com potenciais clientes, divulgar seus produtos, tornar a marca mais conhecida e criar ações que ajudarão a impulsionar o seu negócio.

Quer conquistar likes e transformá-los em vendas? Confira sugestões de conteúdos para experimentar nos perfis da sua loja:

  • Abuse dos concursos e sorteios;
  • Interaja com o público por meio de enquetes e caixas de perguntas;
  • Mostre como são os bastidores da criação dos seus produtos;
  • Divulgue sempre que houver alguma promoção;
  • Compartilhe a experiência de outros clientes via foto e vídeo;

Embora pareçam trabalhosos, os tipos de conteúdos acima requerem muito pouco na prática: um smartphone interessante, um bom plano de internet móvel, alguns aplicativos de edição e, claro, muita criatividade!

De todo modo, nunca é necessário “abraçar o mundo”. Caso você não tenha conhecimento, equipe interna ou uma agência para gerir as redes, crie apenas as principais.

Ter um perfil profissional sem atualizações provoca um efeito contrário do que era o objetivo inicial. Sendo assim, esteja em redes apenas onde conseguirá manter atualizações e interações com seu público.

5 - Faça parte de marketplaces

Por que fazer parte de um marketplace? Porque eles são como grandes shoppings virtuais: diversas marcas e lojas reunidas em apenas um local, facilitando o processo de busca e de compra dos clientes. Não por acaso, as vendas online por meio desses portais representam a maioria dos pedidos realizados no e-commerce brasileiro.

Trata-se, resumidamente, de uma forma de ampliar as possibilidades de venda de produtos e tornar sua marca um pouco mais conhecida. É justo por terem um volume diário alto de visitantes que os marketplaces têm um papel tão importante para quem deseja vender pela Internet. Isso sem contar o fato de que o investimento é baixo e há muito espaço para crescer!

E então, curtiu as nossas dicas? Já tem colocado alguma delas em prática por aí? Ao atuar com uma loja virtual, perfil nas principais redes sociais e integração com os marketplaces, temos certeza de que você trilhará um caminho promissor na busca por sucesso para o seu negócio online!

Conteúdo atualizado em

Melhor Plano

Por Melhor Plano

Marketing de Conteúdo e SEO

Posts Recentes: