QUAL É O RENDIMENTO DA POUPANÇA EM 2020?

O rendimento da poupança é garantido — e isso atrai milhões de pessoas. Ainda assim, essa pode não ser a melhor aplicação financeira para você. Afinal, o retorno tende a ser baixo.

Para entender melhor quando a poupança vale a pena, vamos explicar nos tópicos abaixo:

O que é poupança?

A poupança é uma conta bancária diferenciada e com recursos limitados. Você deixa seu dinheiro guardado e pode fazer um número determinado de transações por mês. Em troca, recebe um rendimento a cada 30 dias.

Tecnicamente, a também chamada caderneta de poupança é um tipo de investimento. Ele faz parte da renda fixa e é o mais conservador. Por isso, o risco de perdas chega próximo a zero.

Em 2020, 7 em cada 10 brasileiros aplicam seu dinheiro nessa modalidade. Isso levou ao maior número de recursos captados da história. Somente em maio, a poupança arrecadou R$ 37,2 bilhões — o dobro do registrado no mesmo mês de 2019.

Como calcular o rendimento da poupança?

O rendimento da poupança é calculado de duas formas diferentes:

Depósitos antes de 4 de maio de 2012

Para quem tem aplicações mais antigas, o rendimento da poupança é de 0,5% ao mês + Taxa Referencial (TR). A TR fica zerada ou próxima a zero. Portanto, pode ser desconsiderada.

Depósitos depois de 4 de maio de 2012

As aplicações mais recentes são remuneradas a partir de duas fórmulas:

  • Selic abaixo ou igual a 8,5% ao ano: 70% da Selic + TR;
  • Selic acima de 8,5% ao ano: 0,5% ao mês + TR.

A Selic é a taxa básica de juros da economia. Seu resultado é definido a cada 45 dias. Ela serve para definir as cobranças de juros de empréstimos e financiamentos, por exemplo.

Qual é o rendimento da poupança hoje?

Em 2020, a Selic está abaixo de 8,5% ao ano. Por isso, a fórmula para calcular o rendimento da poupança é 70% da Selic + TR. Isso resulta em uma taxa anual de 1,4% e mensal de 0,12%.

Mas os resultados mudam conforme o passar do tempo e a variação da taxa Selic. Por isso, é preciso sempre conferir e fazer a simulação.

Qual é o banco que a poupança rende mais?

Todos os bancos têm a mesma remuneração. As fórmulas de cálculo são sempre iguais, porque são regulamentadas pelo Banco Central. Por isso, você pode escolher qualquer instituição financeira.

Como investir na poupança?

Para aplicar seu dinheiro, basta seguir as etapas abaixo:

  1. Abra uma conta poupança no seu banco. Como o cálculo da remuneração é sempre igual, não há diferenças;
  2. Transfira seu dinheiro da conta-corrente para a poupança. É aceito qualquer valor, até mesmo centavos.

Se você não sabe como abrir uma poupança confira o passo a passo para os bancos Caixa, Itaú, Santander, Banco do Brasil e Bradesco!

Para quem a poupança é indicada?

A poupança é indicada para os seguintes casos:

  • pessoas com o perfil conservador, ou seja, que não querem perder dinheiro. Com essa modalidade, a chance de ter prejuízos é praticamente nula;

  • pessoas com 90% ou mais de sua renda comprometida, mas que querem começar a guardar dinheiro. É o caso de você ganhar R$ 2.000 por mês e ter contas que somam R$ 1.800, pelo menos;

  • pessoas com vida financeira instável e que podem precisar do dinheiro para arcar com algum imprevisto, como tratamento de saúde, desemprego ou viagem inesperada. Por isso, o ideal é formar uma reserva de emergência.

Como abrir uma conta poupança?

Os bancos solicitam alguns documentos para abrir a caderneta de poupança. De forma geral, é necessário apresentar:

  • RG;
  • CPF;
  • comprovante de residência.

Na maioria dos bancos, não é preciso apresentar comprovante de renda e até mesmo quem tem o nome negativado pode abrir a conta. Alguns bancos permitem fazer a abertura pela internet.

É importante lembrar que os rendimentos da poupança são idênticos entre todos os bancos.

Investir na poupança vale a pena?

O investimento na poupança vale a pena para:

  • quem está começando a economizar e pode precisar do dinheiro em pouco tempo;

  • criar o hábito de economizar;

  • formar uma reserva de emergência, já que você pode resgatar o dinheiro ou parte dele a qualquer momento.

No entanto, existem alguns pontos negativos. Os principais são:

  • remuneração apenas a cada 30 dias, no aniversário da aplicação. Isso significa que, se você sacar o dinheiro antes desse prazo, não terá nenhum retorno;

  • rendimento, muitas vezes, negativo. Na prática, você sempre ganha ao investir na poupança. No entanto, isso nem sempre ocorre quando você desconta a inflação. Ou seja, pode não haver um ganho real.

Segundo o IBGE, a inflação em julho de 2020 fechou em 0,36%. A taxa é mensal. O ganho mensal da poupança é de 0,12%. Portanto, há uma defasagem.

Isso significa que todo o dinheiro ganho com os juros nem chegariam a compensar a perda potencial de ganhos. Assim, seu poder de compra diminui.

Sem ter um ganho real, você compra menos com a mesma quantia devido à passagem do tempo. Por isso, vale a pena pesquisar opções de investimentos que ofereçam um retorno melhor.

De toda forma, o rendimento da poupança é importante para começar a economizar e melhorar suas finanças. Esse pode ser apenas o primeiro passo.

QUER CONTRATAR UM CARTÃO DE CRÉDITO?

Aproveite para conhecer e comparar várias opções!

VER CARTÕES

O time do Melhor Plano faz o máximo de esforço para manter toda a informação precisa e atualizada. Porém, é possível que você veja um preço diferente ao visitar especificamente o site do provedor do serviço. Ao existir uma diferença, é possível que nosso time já esteja trabalhando para atualizá-lo, ou que nosso parceiro de venda tenha oferta diferente (tentamos manter no site as melhores ofertas para você). Ao solicitar a contração de um serviço, verifique os termos da contratação com o provedor do serviço.