Carregando...

melhorplano logo

Como usar o cartão de crédito de forma consciente? 10 dicas para evitar o endividamento

Mesmo popular, o cartão de crédito é um produto financeiro que divide opiniões entre os consumidores, pois enquanto uns acreditam ser uma solução para os seus problemas, outros crêem ser uma cilada total.


Por isso, nesse texto vamos te ensinar como funciona o cartão de crédito e suas principais características básicas, além de dar 10 dicas de como usar o cartão de crédito a seu favor. Confira abaixo!

Como funciona o cartão de crédito?

O cartão de crédito funciona como um empréstimo a curto prazo. Ao solicitar um cartão, você receberá um limite de valor que pode ser gasto comprando em lojas, supermercados e mais.

Na data de vencimento mensal, você terá que pagar a fatura, um boleto contendo todas as compras feitas no cartão.

Dessa forma o limite do cartão de crédito é restaurado e você poderá voltar a usar ele para novas compras.

Como funciona o limite do cartão de crédito?

O limite do cartão é o valor máximo de crédito, estabelecido pela emissora, que você tem para consumir com o cartão. À medida que você for realizando compras, é consumido parte do seu limite e à medida que for pagando suas faturas o saldo de crédito pago volta a estar disponível para uso.

Como funcionam as compras parceladas?

Quando você parcela uma compra no cartão de crédito seu valor é dividido em prestações iguais que devem ser pagas ao longo dos meses.

Essas prestações podem ser acompanhadas de juros ou não, a depender das condições de parcelamento oferecidas pelo estabelecimento onde você está realizando a compra.

Quando você realiza um parcelamento, o valor total da compra será debitado no limite do cartão de crédito.

Então, caso tenha um limite de R$1000,00 e compre um produto parcelado que também custe os mil reais, você ficará com o limite zerado.

Este valor será restaurado aos poucos de acordo com as faturas que você paga.

Como fazer compras on-line com cartão de crédito?

As compras on-line permitem ao consumidor adquirir qualquer produto sem sair do conforto de casa, porém ainda há muitas pessoas que não desfrutam desse benefício por não entenderem bem como funciona.

Ao comprar pela internet e selecionar a opção para pagar com o cartão de crédito você deve escolher entre duas opções: à vista ou parcelado.

Porém, independente das opções você precisa fornecer alguns dados do seu cartão no site. Veja quais são a seguir:

  1. Número do cartão
  2. Nome do titular do cartão (como está gravado no cartão)
  3. Data de validade do cartão
  4. CVV ou código de segurança (número de 3 dígitos encontrado na parte de trás do cartão)

Após inserir esses dados corretamente, basta confirmar e aguardar a autorização do seu banco para finalizar a sua compra

10 dicas de como usar o cartão de crédito de forma consciente

Agora que você já sabe como funciona um cartão de crédito, trouxemos 10 boas práticas de como utilizar esse importante produto financeiro da melhor forma. Continue lendo para saber quais são!

1. Saiba o momento certo para parcelar uma compra

A possibilidade de parcelar uma compra no cartão de crédito e transformar um alto valor em pequenos valores ao longo do tempo é uma sedução ao consumidor.

E essa é realmente uma grande estratégia de compra, porém apenas sob algumas condições. Por isso, parcele suas compras quando:

  • O pagamento à vista não oferecer nenhum desconto no valor total;
  • Não incidir juros sobre as parcelas;

2. Estabeleça seu próprio limite

Os bancos e outras instituições financeiras sempre realizam uma análise prévia antes de oferecer um cartão de crédito ao seu cliente.

Porém, não se iluda com o limite imposto no seu cartão de crédito, já que muitas vezes ele ultrapassa até a sua renda mensal.

Então é interessante que você estabeleça um limite próprio que esteja entre 30% a 50% do valor que você ganha no mês. Caso não defina este limite, você terá menos da metade do seu salário para arcar com outros gastos do dia a dia e pode acabar negativado.

3. Confira a fatura do cartão com frequência

Para que você consiga acompanhar se o limite estabelecido está sendo cumprido, é preciso estar sempre de olho na fatura do cartão de crédito..

Pois, além de evitar ultrapassar o seu limite, você também pode identificar rapidamente uma compra indevida realizada no seu cartão, facilitando e agilizando o processo de correção do problema.

4. Tome cuidado com a data de vencimento da fatura

Um dos maiores descuidos a evitar com o cartão de crédito é atrasar o pagamento da fatura, já que os juros são, normalmente, incididos para cada dia de atraso do pagamento da conta. Sendo assim, é muito importante que você se atente à data de vencimento da fatura

Então, se tem problemas para lembrar da data, utilize ferramentas como calendário ou alarmes para que você não tenha o prejuízo de pagar mais do que gastou com o cartão de crédito.

5. Conheça e evite as taxas de juros

Segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada em Julho de 2021, o cartão de crédito é o causador de 81,8% de endividamento das famílias no Brasil.

Um dos motivos para isso acontecer são as taxas de juros do cartão de crédito, que são altas a depender do produto escolhido. Portanto, procure entender quais são os juros do seu cartão, onde são cobrados e como evitá-los.

Além disso, compare com outros cartões para saber se os seus juros são abusivos. Caso sejam, opte por substituir o cartão de crédito. Você pode fazer isso facilmente acessando o nosso comparador de cartões de crédito, onde é possível comparar diversas opções e encontrar a que melhor para economizar.

6. Evite emprestar seu cartão de crédito

Como explicamos acima, o cartão de crédito pode oferecer grande risco às pessoas que não aprenderam a utilizar esse produto da maneira correta.

Portanto, de nada adianta você usar seu cartão com sabedoria e depois o emprestar para alguém despreparado e acabar tendo prejuízos por isso.

Lembre-se, utilizar o cartão não tem nada a ver com confiança, mas sim com preparação e educação financeira.

7. Não tenha muitos cartões de crédito

Se para muitos é difícil dar conta de um cartão de crédito, imagina ter vários?

Além disso, quando você diversifica seu poder de compra em vários cartões de crédito fica mais difícil melhorar sua relação com a sua instituição financeira.

Isso é negativo, pois pode impedir você de ter acesso a benefícios em melhores cartões de crédito que são oferecidos aos grandes clientes.

Inclusive, é sobre isso que falaremos no próximo tópico.

8. Pesquise e utilize os programas de vantagens

Se existem ótimas formas de usar o cartão de crédito a seu favor, uma delas é com os programas de fidelidade. Portanto, procure saber quais benefícios seu cartão oferece e utilize sempre que viável. Confira alguns exemplos abaixo:

  • Programa de pontos: Ao usar o cartão de crédito, você acumula pontos que podem ser utilizados para pagar contas, abastecer seu veículo, trocar por milhas, ter descontos em produtos, ganhar vouchers e muito mais.
  • Cashback: O programa de cashback, que significa literalmente “dinheiro de volta", oferece a chance de comprar produtos e receber uma porcentagem do valor gasto na compra de volta na sua conta.
  • Programa de milhas: Ao pagar as faturas do seu cartão de crédito, o programa de milhas te permite ganhar pontos que podem ser substituídos em agências de viagens por descontos em passagens aéreas, hospedagem, aluguel de automóveis entre outros serviços de turismo.

Está insatisfeito com os benefícios do seu cartão de crédito?

Compare outros  cartões de crédito, conheça seus benefícios e solicite online!

VER CARTÕES

9. Faça compras online apenas em sites seguros

Mesmo com a popularização das compras online, muitas pessoas ainda têm receio de adquirir produtos pela internet e isso existe principalmente pelo alto número de fraudes que ainda acontecem na compra de produtos em sites não-confiáveis.

Por isso, sempre se certifique de conferir se um site é seguro ao realizar o ato da compra. Preparamos algumas dicas de como verificar se um site é seguro para compras. Confira!:

  • Confira se antes da URL do site há um cadeado;
  • Cheque se o site possui selos de segurança;
  • Consulte a política de privacidade para entender como seus dados serão usados;
  • Pesquise sobre a satisfação dos consumidores em sites como o Reclame Aqui;
  • Confirme as informações de contato do site;
  • Pesquise o CNPJ da empresa, normalmente disponível na parte inferior do site.

10. Priorize investir o valor das compras

É sempre bom evitarmos eventos que vão nos descapitalizar, ou seja, tirar o dinheiro que já temos da nossa mão.

Portanto, se você tem dinheiro na conta e pode escolher entre pagar à vista ou parcelado, priorize parcelar as suas compras no cartão de crédito e investir o dinheiro.

Dessa forma, você pagará as parcelas da sua compra ao passar dos meses, enquanto o seu dinheiro rende.

Porém, é importante lembrar que esta dica é válida apenas se o valor do rendimento do investimento escolhido for maior que o desconto ao comprar à vista. Além disso, é importante entender o quanto o valor das parcelas irá comprometer seu salário durante os meses.

Conteúdo atualizado em

João Cléber Rocha

Por João Cléber Rocha

Analista de conteúdo financeiro, gosta de estudar sobre finanças pessoais, empresariais e investimentos.

Melhor Plano

© Melhor Plano 2022
Todos os direitos reservados.

Endereço: R Sergipe, nº 625, Sala 503 Savassi | Belo Horizonte - MG
CEP: 30130-171

Telefone: +55 (31) 97575-9932

MelhorPlano no FacebookMelhorPlano no InstagramMelhorPlano no TwitterMelhorPlano no YoutubeEmail de Contato
Ícone Site Seguro Google

O time do Melhor Plano faz o máximo de esforço para manter toda a informação precisa e atualizada. Porém, é possível que você veja um preço diferente ao visitar especificamente o site do provedor do serviço. Ao existir uma diferença, é possível que nosso time já esteja trabalhando para atualizá-lo, ou que nosso parceiro de venda tenha oferta diferente (tentamos manter no site as melhores ofertas para você). Ao solicitar a contração de um serviço, verifique os termos da contratação com o provedor do serviço.