Carregando...

logo melhor plano

Criptomoedas: entenda como funciona esse investimento

No mercado financeiro, a quantidade de investimentos é vasta e, com o avanço da tecnologia, as moedas digitais começaram a se destacar nesse universo.

Por isso, neste conteúdo, vamos te apresentar ao mundo das criptomoedas. Confira!

O que são as criptomoedas?

Criptomoedas são moedas digitais descentralizadas. Isso significa que elas não são regulamentadas por governos, bancos ou qualquer instituição, além de sua compra, venda e recebimento não necessitar um intermediário como bancos ou outras empresas.

A primeira criptomoeda que conhecemos, o Bitcoin, surgiu em 2008. Segundo seu inventor, Satoshi Nakamoto, a criptomoeda tem como objetivo ser uma versão eletrônica e descentralizada do dinheiro.

As criptomoedas têm como principais características o fato de serem:

  • Coletivas: novas unidades de criptomoedas são produzidas por processadores de computador, dos chamados "mineradores";
  • Digitais: criptomoedas não possuem forma física. Todas elas são digitais e protegidas por criptografia;
  • Seguras: os processadores realizam e conferem as transações, garantindo a integridade das transações realizadas;
  • Descentralizadas: não são emitidas por governos ou instituições financeiras.

Por conta dessas características, as criptomoedas estão entre as opções de investimento da atualidade.

Quais são as principais criptomoedas?

As criptomoedas mais conhecidas e utilizadas são:

Nome

Código

Tether

USDT

Bitcoin

BTC

Ethereum

ETH

Binance USD

BUSD

USD Coin

USDC

Bitcoin Cash

BCH

BNB

BNB

FLEX

FLEX

Solana

SOL

TRON

TRX

Quer encontrar lugares seguros para comprar criptomoedas?

Conheça os melhores bancos para investir e comece já!

Ver bancos

Como funcionam as criptomoedas?

Criptomoedas utilizam de uma tecnologia conhecida como blockchain. Ela funciona como um livro-razão compartilhado e imutável que permite o registro de transações das criptomoedas.

No dia a dia, suas criptomoedas ficam em uma carteira digital que pode ser acessada por um dispositivo conectado à internet.

Existem várias corretoras que permitem trocá-las por dólares, euros, reais, entre outras moedas físicas e centralizadas.

Assim como ocorre com outras moedas, o valor das criptomoedas está atrelado às relações de oferta e demanda entre os investidores: quanto maior a procura, maior o preço e vice-versa.

Outros fatores também influenciam no valor, como:

  • Tecnologia: quanto mais moderna e eficaz, maior valor costuma ter a criptomoeda;
  • Tempo de mineração: quanto menor, melhor;
  • Abertura dos mercados internacionais: regulamentações e entraves criados pelos governos também influenciam no valor.

O que é minerar criptomoedas?

Minerar criptomoedas consiste em verificar e auditar suas transações. Os indivíduos que realizam essas funções são os chamados mineradores.

Para minerar, é preciso possuir dispositivos capazes de resolver várias equações por segundo. Quanto mais rápido o processador, maiores os lucros.

Após chegar na solução de problemas numéricos, ocorre a validação de um bloco de criptomoeda e o minerador é recompensado, recebendo criptomoedas recém-cunhadas.

Como declarar criptomoedas no Imposto de Renda?

A declaração de criptoativos e NFTs no Imposto de Renda é obrigatória para contribuintes com mais de 5 mil reais em qualquer moeda virtual ou criptoativo até o último dia do ano.

Para efetuar a declaração da posição em criptomoedas:

  1. Entre no aplicativo de declaração de imposto de renda "Programa IRPF 2022";

  2. Clique em "Bens e Direitos" para abrir a ficha de bens e direitos;

  3. Clique em "Novo" para cadastrar o item;

  4. Em "Grupo", clique em "08 - Criptoativos";

  5. Selecione o "Código" do criptoativo, por exemplo, "01 - Criptoativo Bitcoin BTC";

  6. Selecione a "Localização (país)" de aquisição;

  7. Preencha o campo "Discriminação";

  8. No campo "Situação em 31/12/2021" insira o saldo das suas operações

  9. Clique em "Ok".

Também é preciso declarar os lucros em criptoativos. Há cobrança caso as movimentações dentro de um único mês tenham sido acima de R$35 mil.

Movimentações inferiores a R$35 mil/mês

Caso suas movimentações não tenham atingido R$35 mil por mês, faça o seguinte:

  1. Entre no aplicativo de declaração de imposto de renda "Programa IRPF";
  2. Clique em "Rendimentos Isentos e Não Tributáveis";
  3. Clique em "Novo" para cadastrar o item;
  4. Em "Tipo de Rendimento", selecione a opção 05 - Ganho de capital na alienação de bem, direito ou conjunto de bens e direitos da mesma natureza;
  5. Em "Valor informado pelo contribuinte", digite o valor total dos rendimentos durante o ano.
  6. Clique em "Ok".

Movimentações superiores a R$35 mil/mês

Caso suas movimentações tenham atingido R$35 mil ou mais por mês, faça o seguinte:

  1. Entre no aplicativo de declaração de imposto de renda "Programa IRPF";
  2. Clique em "Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva";
  3. Clique em "Novo" para cadastrar o item;
  4. Em "Tipo de Rendimento" selecione 12 - Outros;
  5. Selecione o "Tipo de beneficiário";
  6. Informe o "Beneficiário" através de seu CPF ou CNPJ e nome da pessoa pagadora;
  7. Clique em "Ok".

Confira a alíquota de cada faixa de rendimentos:

  • 15% para ganhos abaixo de 5 milhões de reais;
  • 17,5% para ganhos entre 5 e 10 milhões de reais;
  • 20% para ganhos entre 10 e 30 milhões de reais;
  • 22,50% para ganhos acima de 30 milhões de reais.

Investir em criptomoedas é seguro?

No aspecto tecnológico, investir em criptomoedas é um procedimento seguro. A validação das transações é descentralizada, realizada por uma rede mundial com grande capacidade de processamento de dados.

Entretanto, é preciso tomar alguns cuidados antes de iniciar os investimentos. Confira algumas dicas e informações relevantes a seguir:

  • Por se tratar de um investimento em renda variável, a oscilação de preços das criptomoedas é muito alta;
  • Conheça seu perfil de investidor e exposição ao risco antes de investir;
  • Cuidado com golpes como promessas de ganhos rápidos e garantidos: no mercado de renda variável, isso não existe;
  • Estude e mantenha-se atualizado sobre o tema para evitar cair em golpes e efetuar más decisões;
  • Caso você não seja um expert no assunto, o ideal é seguir as orientações de mentores que sejam investidores especializados;
  • O Banco Central do Brasil não regula, autoriza ou supervisiona empresas que negociam criptomoedas;
  • Pessoas brasileiras que decidem investir em criptomoedas assumem os eventuais riscos, fraudes e condutas inadequadas que podem comprometer seu patrimônio investido.

Vale a pena investir em criptomoedas?

Antes de realizar qualquer tipo de investimento, é importante conhecer o perfil de investidor de cada pessoa para evitar problemas.

Criptomoedas costumam apresentar alta volatilidade e a exposição a esse tipo de ativo não é recomendada a investidores com perfil conservador. Neste caso, investimentos de renda fixa, por exemplo, podem ser uma boa alternativa.

Agora, confira algumas vantagens e desvantagens de se investir em criptomoedas:

Vantagens

  • Diversificação;

  • Baixas taxas de movimentação;

  • Segurança;

  • Descentralização.

Desvantagens

  • Baixa aceitação;

  • Falta de regulamentação;

  • Mercado novo e ainda com algumas incertezas;

  • Conhecimentos específicos.

Perguntas frequentes sobre criptomoedas

Quem criou as criptomoedas?

O criador do Bitcoin, considerada a primeira criptomoeda, identificou-se pelo pseudônimo de Satoshi Nakamoto. Porém, a verdadeira identidade do(s) criador(es) das criptomoedas ainda é uma incógnita.

Quer saber mais sobre as moedas digitais? Descubra o que são criptomoedas!

Criptomoedas são legais?

As leis brasileiras não proíbem que seus cidadãos possuam criptomoedas, ou seja, elas são legalizadas no país. No entanto, ainda não há regulamentação sobre esses ativos no Brasil.

Confira agora como funcionam as criptomoedas!

Criptomoedas são um bom investimento?

Por se tratar de um tipo de investimento em renda variável, a exposição às criptomoedas depende de cada perfil de investidor.

Veja as vantagens e desvantagens de se investir em criptomoedas!

Quando surgiram as criptomoedas?

A primeira criptomoeda, o Bitcoin, surgiu em 2008.

Descubra quais são as principais criptomoedas atualmente!

Conteúdo atualizado em

Melhor Plano

Por Melhor Plano

A missão do Melhor Plano é ajudar milhões a economizar bilhões! O texto foi revisado por João Cléber, produtor de conteúdo especialista em finanças da Melhor Plano.

Melhor Plano

© Melhor Plano 2022
Todos os direitos reservados.

Endereço: R Sergipe, nº 625, Sala 503 Savassi | Belo Horizonte - MG
CEP: 30130-171

Telefone: +55 (31) 97575-9932

MelhorPlano no FacebookMelhorPlano no InstagramMelhorPlano no TwitterMelhorPlano no YoutubeEmail de Contato
Ícone Site Seguro Google

O time do Melhor Plano faz o máximo de esforço para manter toda a informação precisa e atualizada. Porém, é possível que você veja um preço diferente ao visitar especificamente o site do provedor do serviço. Ao existir uma diferença, é possível que nosso time já esteja trabalhando para atualizá-lo, ou que nosso parceiro de venda tenha oferta diferente (tentamos manter no site as melhores ofertas para você). Ao solicitar a contração de um serviço, verifique os termos da contratação com o provedor do serviço.