Carregando...

logo melhor plano

Educação financeira infantil: Saiba qual é a importância e 7 livros sobre o assunto

A educação financeira infantil é fundamental para que as crianças aprendam a gerenciar suas finanças desde cedo.

Por meio da construção de hábitos e dinâmicas divertidas, é possível introduzir o assunto de forma natural durante a infância.

Saiba mais sobre o que é educação financeira infantil, por que ela é tão importante, e confira a indicação de 7 livros a respeito do tema.

O que é educação financeira infantil?

A educação financeira infantil é o ensino das finanças pessoais durante a infância. Ela tem o intuito de moldar o comportamento das crianças em relação ao dinheiro.

Por meio da educação financeira, as crianças aprendem conceitos básicos relacionados às finanças e ao valor do dinheiro.

Assim, são capazes de analisar se realmente necessitam de determinado bem e desenvolvem o hábito de poupar e multiplicar suas economias a fim de realizar seus sonhos.

O contato com esse tema ainda na infância, ajuda os pequenos a compreenderem melhor o sistema financeiro no qual estão inseridos. Além de fazer com que desenvolvam responsabilidade social e financeira por toda sua vida.

Por que é importante ensinar educação financeira para crianças?

É na infância que aprendemos conceitos básicos, que formam nossa personalidade e norteiam nossas escolhas durante toda sua vida. Por isso, aprender desde cedo como organizar as finanças pessoais é algo tão importante e essencial.

Segundo pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) em 31 de março de 2022, cerca de 77,5% das famílias brasileiras estão endividadas. Isso só evidencia a importância da educação financeira no cenário nacional.

Ensinar as crianças a como lidar com o dinheiro é uma das ferramentas que podemos utilizar no combate ao endividamento a longo prazo. Confira mais 4 motivos pelos quais é importante ensinar educação financeira para as crianças!

1. Desenvolve o raciocínio lógico

Desenvolver o raciocínio lógico da criança por meio da matemática financeira colabora para a tomada de boas decisões monetárias em diversos momentos da vida adulta.

Além disso, também contribui para o aprendizado de outras disciplinas matemáticas no futuro.

2. Ensina a tratar as finanças com mais naturalidade

Quanto mais cedo a educação financeira é introduzida na vida de uma pessoa, melhor.

Falar sobre educação financeira, ainda durante a infância, auxilia na construção de uma relação mais saudável com as finanças durante a fase adulta.

educação-financeira-infantil

3. Ensina a verdadeira função do dinheiro

A moeda surgiu como um meio de troca. Sendo assim, é importante entender que para obter algo, devemos dar algo em troca, como horas de trabalho, boas escolhas na hora de investir ou abdicar do consumo instantâneo pela conquista de algo mais valioso.

4. Transforma em adultos mais seguros e confiantes

Quanto antes uma criança aprende a lidar com um tema tão importante e delicado como finanças pessoais, menos problemas relacionados ao dinheiro ela desenvolve durante a vida adulta. O que impacta positivamente seus relacionamentos, trabalho e família.

Quer uma conta digital para menores de 18 anos?

Confira o ranking das melhores contas e comece a preparar o futuro financeiro dos seus filhos!

Ver contas

Como introduzir a educação financeira infantil?

Além de saber o que é educação financeira infantil e qual a sua importância, é importante saber como abordar o tema com as crianças.

Confira 6 dicas de como introduzir a educação financeira infantil!

1. Dê mesada de forma estratégica

A mesada pode ser uma aliada no processo de educação financeira infantil, pois é um contato real da criança com o dinheiro.

Uma sugestão é introduzir a mesada na vida dos pequenos a partir dos 6 anos. Pois, é a partir dessa idade que eles começam a desenvolver maturidade suficiente para iniciar suas estratégias financeiras.

A periodicidade da mesada também deve variar de acordo com a idade da criança. Isso, porque a noção de tempo e responsabilidade muda conforme a criança se desenvolve e amadurece. Confira:

Faixa etária

Periodicidade de pagamento

Dos 6 aos 9 anos

Semanal

Dos 9 aos 12 anos

Quinzenal

A partir dos 12 anos

Mensal

A mesada permite às crianças aprenderem na prática a organizar seus gastos, definir prioridades e fazer a quantia durar até o final do período.

2. Ensine a criança a sonhar e a poupar

Ensine a criança sobre como é possível multiplicar o dinheiro, começando a investir com pouco. Além disso, mostre como os investimentos contribuem para que ela seja capaz de realizar seus sonhos o quanto antes.

3. Ensine a criança a valorizar suas conquistas

Confira algumas dicas para ensinar as crianças como valorizar suas conquistas:

  • Estimule ela a pensar nos sonhos e desejos: você pode ajudar a criança a refletir e anotar as coisas que deseja e mostrar como o dinheiro pode ajudá-la a conseguir;
  • Apresente o seu trabalho ao seu filho: mostre o que você faz para conquistar seu dinheiro;
  • Se puder, forneça uma mesada com o intuito de ensinar a criança a poupar para conseguir o que deseja.

4. Deixe a criança tomar algumas decisões

Além de ensinar a criança a poupar e administrar seus recursos, você também pode ensiná-la a gastar!

Levar a criança ao supermercado pode ser uma ótima oportunidade de aprendizado prático. Veja algumas dicas:

  1. Estipule um valor e diga à criança que ela será responsável por escolher alguns itens;

  2. Supervisione a dinâmica de compra e descubra se a criança se manteve dentro do orçamento.

5. Introduza o tema de investimentos

Aprender a investir é algo essencial, e a necessidade de fazer boas escolhas e saber quais investimentos estão em alta é cada vez mais importante.

Embora o ato de investir demande algum conhecimento e maturidade, o tema pode ser introduzido às crianças a partir da adolecência.

Isso ajuda a criança a entender os mecanismos que regem os investimentos e saber que o dinheiro pode se multiplicar sem esforço próprio.

6. Faça da leitura uma aliada

Além de ensinar a criança a lidar com finanças, também é muito importante estimulá-las a leitura. Felizmente, é possível unir as duas coisas utilizando livros sobre educação financeira infantil.

Dessa forma, além de incentivar a leitura, você garante momentos prazerosos e educativos em família!

7 livros sobre educação financeira para crianças

Confira os melhores livros sobre educação financeira infantil, indicados por nossos especialistas.

1. O pé de meia mágico, de Álvaro Modernell

O pé de meia mágico conta a história de dois irmãos que lidam de formas diferentes com o tempo, os bens materiais e as oportunidades de poupar e gastar dinheiro.

Este livro convida as crianças a refletir sobre suas diferenças e como suas escolhas conduzem e transformam suas vidas.

2. Como se fosse dinheiro, de Ruth Rocha

Através de uma linguagem simples e divertida, "Como se fosse dinheiro" conta a história de Catapimba, um garoto que sempre que comprava um lanche na cantina da escola recebia balas como troco, ao invés de dinheiro.

A autora Ruth Rocha resolve o problema de forma cômica, alusiva e didática, abordando temas como finanças, honestidade, esperteza e coragem.

3. Almanaque Maluquinho – Pra que dinheiro?, de Ziraldo

"Pra que dinheiro" aborda as dificuldades do Menino Maluquinho e sua turma em administrar suas mesadas, gastos, tempo e o hábito de poupar.

O livro trata esses assuntos de forma bastante interessante, além de trazer uma introdução à história do dinheiro, com pontos como:

  • Como funcionava o comércio antigamente;
  • Como são as notas e moedas brasileiras;
  • Conceitos de economia;
  • Educação financeira pessoal e mais!

4. Como cuidar do seu dinheiro, de Thiago Nigro e Mauricio de Souza

Esta obra de Mauricio de Sousa e Thiago Nigro tem o intuito de ensinar os pequenos a lidar com dinheiro. "Como cuidar do seu dinheiro" ensina às crianças lições importantes, como:

  • O que significa ter dinheiro;
  • Para que serve o dinheiro;
  • Como economizar;
  • Como realizar sonhos poupando e investindo;
  • Comportamento consumista;
  • Inflação;
  • Juros;
  • Entre outros.

5. Crise financeira na floresta, de Ana Paula Hornos

O livro "Crise financeira na floresta" trabalha conceitos de moral, ética e honestidade e ensina às crianças temas importantes como:

  • Trabalho;
  • Poupar e investir;
  • Dívidas;
  • Consumismo;
  • Empreendedorismo.

A autora, Ana Paula Hornos, considera fundamental o ensino das finanças às crianças, a fim de moldá-los como cidadãos conscientes, responsáveis e bem sucedidos.

6. Dinheiro Compra Tudo?, de Cássia D’Aquino

A obra "Dinheiro compra tudo?" aborda temas interessantes como:

  • Onde o dinheiro é fabricado;
  • O formato das moedas;
  • Diferenças entre dinheiro e felicidade;
  • Curiosidades como: qual a maior cédula do mundo?

O livro realmente prende a atenção das crianças e até mesmo de adultos, pois traz diversas curiosidades e conceitos na área de economia e finanças.

7. Meu cofrinho, meu futuro - Editora Caramelo

Destinado a crianças de 8 a 10 anos, "Meu cofrinho, meu futuro" ensina o que é e como lidar com dinheiro. Alguns dos temas abordados incluem:

  • Como os adultos ganham dinheiro;
  • A importância de planejar o consumo;
  • História do comércio;
  • Como lidar com dinheiro;
  • A diferença entre querer e precisar;
  • O que é e como poupar dinheiro;
  • O que são rendimentos;
  • Planejamento financeiro;
  • O que são impostos;
  • O que é uma nota fiscal;
  • Pesquisa de preços;
  • Sustentabilidade;
  • Os 5 Rs: reduzir, reutilizar, reciclar, recusar e recriar.

Além disso, inclui atividades como problemas matemáticos, perguntas, jogo da memória e jogo de percurso.

Quer uma conta bancária 100% digital e gratuita?

Conheça o nosso ranking de melhores contas digitais e solicite online!

Perguntas frequentes sobre educação financeira infantil

Qual é o objetivo da educação financeira infantil?

Transmitir conhecimento sobre finanças às crianças a fim de ensiná-las a fazer um bom uso do dinheiro e ter uma vida financeira saudável.

Saiba mais sobre a a importância de ensinar educação financeira para crianças!

Como falar de finanças com crianças?

O objetivo da educação financeira infantil é oferecer uma mesada de forma estratégica, ensinar a criança a tomar decisões inteligentes e utilizar livros sobre educação financeira infantil podem ser bons aliados!

Veja dicas de como introduzir a educação financeira infantil!

Conteúdo atualizado em

Melhor Plano

Por Melhor Plano

A missão do Melhor Plano é ajudar milhões a economizar bilhões! O texto foi revisado por João Cléber, produtor de conteúdo especialista em finanças da Melhor Plano.

Melhor Plano

© Melhor Plano 2022
Todos os direitos reservados.

Endereço: R Sergipe, nº 625, Sala 503 Savassi | Belo Horizonte - MG
CEP: 30130-171

Telefone: +55 (31) 97575-9932

MelhorPlano no FacebookMelhorPlano no InstagramMelhorPlano no TwitterMelhorPlano no YoutubeEmail de Contato
Ícone Site Seguro Google

O time do Melhor Plano faz o máximo de esforço para manter toda a informação precisa e atualizada. Porém, é possível que você veja um preço diferente ao visitar especificamente o site do provedor do serviço. Ao existir uma diferença, é possível que nosso time já esteja trabalhando para atualizá-lo, ou que nosso parceiro de venda tenha oferta diferente (tentamos manter no site as melhores ofertas para você). Ao solicitar a contração de um serviço, verifique os termos da contratação com o provedor do serviço.