Carregando...

Melhor Plano

Wishlist de Black Friday: saiba como montar a sua!

Sabe aquele eletrodoméstico que é o seu sonho de consumo desde que foi lançado? E aquele móvel que você está precisando trocar há tempos? Esperar as ofertas da Black Friday Brasil pode realmente ser a melhor forma de consegui-los — mas é preciso se atentar a algumas instruções para adquirir esses itens com um precinho legal.

Para fazer bons negócios durante épocas de promoções, por exemplo, não podemos nos esquecer de termos um planejamento bem estruturado. Aliás, você é do tipo que compra por impulso ou nunca pensou em se organizar para fazer compras? Caso a resposta seja positiva, saiba que esta lista foi feita para te ajudar.

No artigo abaixo, separamos algumas dicas e pontos importantes para sempre se ter em mente antes de montar a própria lista de itens desejados durante uma Black Friday. Leia mais!

Passo a passo para montar a Wishlist de Black Friday ideal

Faça uma lista de produtos

A primeira coisa que você precisa fazer é uma lista dos produtos que deseja comprar na promoção. Pode colocar tudo, até mesmo aqueles itens que acha que não vai conseguir comprar no final das contas. Vai que você acha alguma oferta melhor do que esperava? Hora de selecionar sem muitas regras.

Elenque prioridades

Com um compilado de tudo o que gostaria de comprar em mãos, é hora de elencar prioridades. Você pode fazer isso numerando cada produto de 1 até a quantidade de itens que a sua lista tem. Comece do que você mais quer e precisa e depois vá acrescentando as outras possibilidades.

Defina um orçamento

Também é essencial saber o quanto você pode gastar para não se enrolar depois. É uma boa ideia colocar tudo no papel, incluindo o limite do seu cartão e o quanto você pode comprometer do seu orçamento mensal com parcelas sem ficar no vermelho. Seja honesto na hora de estabelecer esse limite e respeite-o.

Pesquise antes

Outra dica muito importante para fazer boas compras na Black Friday é pesquisar algumas semanas antes os preços dos produtos que você procura. Assim fica fácil saber o quanto aquela oferta é realmente imperdível.

Não se esqueça de conferir em vários sites e produtos de diferentes marcas para ter ideia da variação de preços. Falando nisso, em alguns marketplaces, por exemplo, as promoções começam antes da data oficial de descontos. Atente-se!

Considere outras marcas

Aquela marca que você já conhece pela qualidade provavelmente estará no topo da sua lista. No entanto, é importante considerar também outras similares, que podem ter o preço bem mais em conta. Nesses casos, o ideal é ler as avaliações de quem já comprou. Às vezes compensa muito.

Avalie a necessidade real

Alguns produtos, como as várias novidades em eletrodomésticos que o mercado lança diariamente, podem de fato facilitar a nossa rotina. Outras podem não caber nela. Por isso, na sua lista, vale colocar também a necessidade real de cada item. Isso pode te ajudar a cortar alguns para respeitar o orçamento.

Você come pipoca com uma frequência que compense gastar com aquela pipoqueira elétrica? O aspirador robô faz sentido na sua casa? Você vai usar aquela roupa? Mudará mesmo sua rotina e se exercitará com aquele novo equipamento de ginástica? Pode ser que sim, mas também pode ser que não.

Isso não quer dizer que você não possa se mimar ou comprar coisas que os outros considerem supérfluas. Quem vai avaliar a necessidade de cada item é você, de acordo com os seus critérios. A única regra é ser honesto consigo.

Controle o impulso

Essa dica tem muito a ver com a anterior, mas o lembrete é válido, pois não são incomuns os casos de pessoas que se empolgaram com os preços mais baixos e acabaram comprando produtos por impulso, que depois não são usados e acabam ficando encostados. Isso é prejuízo, mesmo que você tenha pagado barato.

E então, o artigo acima foi útil para te ajudar a se organizar melhor? Pois saiba que é possível ler muitos outros como ele no nosso blog!

Conteúdo atualizado em

Parceiro Convidado

Por Parceiro Convidado

Marketing de Conteúdo e SEO