Melhor PlanoOi

VENDA DA OI

Venda Oi: saiba como o acordo impacta a vida do cliente

A venda da Oi é um dos assuntos que têm movimentado o setor de telefonia nos últimos tempos. Desde 2016, a operadora está em processo de recuperação judicial, com uma dívida bilionária.

Para se recuperar, a empresa está negociando a infraestrutura de antenas de celulares, além da divisão de telefonia móvel.

Mas como a venda da Oi impacta o dia a dia do consumidor? O que isso representa para o mercado? Qual empresa vai utilizar a estrutura de telefonia celular da operadora? Como ficam os planos móveis da Oi? Saiba mais a seguir.

 

Por que a Oi está sendo vendida?

A venda da Oi é uma estratégia de recuperação do negócio. Ao longo dos anos, a empresa acumulou dívidas que chegaram  a mais de R$ 65 bilhões em 2016. Embora esse valor tenha diminuído bastante, a conta ainda é alta.

As medidas que estão sendo tomadas atualmente fazem parte de um plano de recuperação judicial da Oi, um direito legal para a empresa evitar chegar a falência e que teve início em 2019. 

Mas como uma das maiores empresas de telefonia do país chegou a essa situação?


Compra de empresas endividadas

A Oi é resultado da privatização da Telemar, em 1998. Nos anos 2000, o consórcio buscou ampliar sua atuação e, para isso, adquiriu outras empresas — muitas delas, altamente endividadas.

Somente em 2003, após aquisição da NTL, a marca se tornou a Oi. E, ao longo desse tempo, a dívida continuou crescendo.


Internacionalização

Entre 2009 e 2010, a compra da Brasil Telecom — que, à época, precisou de aval especial do governo — fez surgir um grande conglomerado, de atuação nacional.

O próximo passo seria a internacionalização do grupo, que adquiriu a Portugal Telecom. Apesar das promessas de injeção de dinheiro, os caixas permaneceram vazios.


Descumprimento de obrigações

Ao longo dos anos, o consórcio acumulou uma série de dívidas com o Estado, incluindo uma série de multas da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), por descumprir algumas regras de prestação de serviços.

venda da oi

O que muda para os clientes com a venda da Oi?

O impacto da venda da Oi para os clientes depende de como ficará o resultado final da transação. 

Atualmente, dois grupos de empresas têm interesse na compra da estrutura de serviços de telefonia móvel da Oi: a Highline e as operadoras Vivo, Claro e Tim juntas.

Por enquanto, a negociação continua e ainda não há nada decidido sobre quem vai adquirir a infraestrutura da operadora. Sendo assim, não é possível dizer com precisão quais mudanças o cliente Oi terá. 

Mas o que mudaria, na prática, com cada um desses possíveis compradores? Confira a seguir!

Venda da Oi para Highline

Uma das empresas interessadas na venda Oi é a americana Highline. Atuando no setor de infraestruturas independentes para empresas de telecomunicações, a marca deseja adquirir toda a operação móvel, a unidade de torres e unidade produtiva isolada da Oi.

Estima-se que a Highline invista pelo menos R$ 22,6 bilhões. Isso sem falar em uma possível compra de infraestrutura no leilão de 5G que a Anatel deve promover em 2021. 

Anteriormente, a empresa tinha oferecido R$ 15 bilhões, mas, com a concorrência cada vez mais apertada, a oferta subiu.


Impacto para o cliente Oi com compra pela Highline

A empresa america tem o objetivo de negociar a venda da Oi para ampliar sua rede neutra. Dessa forma, ela alugaria a infraestrutura para a própria operadora, que continuaria a oferecer normalmente os serviços Oi controle, pós-pago e pré-pago para seus clientes.

Entretanto, se houver migração dessa estrutura para outra operadora, os clientes precisarão assinar um novo plano, com uma nova empresa.


Venda Oi para TIM, Vivo, Claro

Em agosto de 2020, a Oi fechou um acordo de exclusividade com a TIM, a Claro e a Vivo. Caso consigam fechar o negócio, estimado em R$ 16,5 bilhões, cada uma das empresas recebe uma parte do negócio, a partir da venda Oi.


O que muda para clientes TIM, Claro e Vivo?

Se a venda da Oi for feita para o bloco de operadoras, haverá um “fatiamento” da empresa entre as três operadoras.

Segundo as regras da Anatel, uma mesma operadora não pode ter mais de 35% das faixas inferiores a 1 GHz ou mais de 30% nas frequências entre 1 GHz e 3 GHz. Isso significa que a TIM seria a maior beneficiada nesse quesito e, consequentemente, precisaria investir mais no total de R$ 16 bilhões.

Em relação aos clientes, é preciso uma conta complexa para chegar a uma proporção, digamos, “adequada”, de quantos contratos iriam para cada operadora.

O ideal é que se mantenha um equilíbrio de número de consumidores em cada região do país, para manter uma concorrência mais sadia.

Também não foi divulgada qualquer informação sobre o cliente poder escolher a operadora, caso a venda realmente se concretize.

loja oi online
VOCÊ É CLIENTE OI, MAS QUER MUDAR DE OPERADORA?

Clique no botão e compare os planos de telefonia móvel disponíveis na sua região.

COMPARAR PLANOS

Clientes Oi Fibra

Quem é assinante Oi Fibra pode ficar mais tranquilo. A operadora está investindo mais nesse tipo de rede, que é mais lucrativa, e deve concentrar seus esforços de vendas nesse ramo.

Portanto, continuará oferecendo normalmente a banda larga fibra ótica Oi e a TV paga via IPTV, além de expandir a cobertura desses serviços.

Você ainda não é cliente Oi Fibra e adquirir um plano? Conheça e compare os pacotes Oi Fibra a seguir!

Planos disponíveis em RIO DE JANEIRO/RJ
VER PLANOS EM

Oi Fibra Planos

 

oi
200MB
126 Canais + Fixo Nacional
  • TV por Assinatura
  • 126 Canais
  • Ligações ilimitadas
  • Fixo Nacional
R$
199,90
/mês
0800 071 6503
LIGAR
oi
500MB
168 Canais + Fixo Nacional
  • TV por Assinatura
  • 168 Canais
  • Ligações ilimitadas
  • Fixo Nacional
R$
259,90
/mês
0800 071 6503
LIGAR
oi
500MB
188 Canais + Fixo Nacional
  • TV por Assinatura
  • 188 Canais
  • Ligações ilimitadas
  • Fixo Nacional
R$
299,90
/mês
0800 071 6503
LIGAR

Venda da Oi TV

Em agosto de 2020, a Oi anunciou também o processo de venda das operações da TV por assinatura, que hoje é feita via satélite. Quem conduz a transação é o banco BTG Pactual.

Atualmente, a Oi tem 1,48 milhões de clientes que fazem assinatura dos planos de TV da marca.

Vale ressaltar que a Oi continuará atuando no mercado de TV por assinatura. Porém, com foco apenas do IPTV, modelo de transmissão via internet.

O time do Melhor Plano faz o máximo de esforço para manter toda a informação precisa e atualizada. Porém, é possível que você veja um preço diferente ao visitar especificamente o site do provedor do serviço. Ao existir uma diferença, é possível que nosso time já esteja trabalhando para atualizá-lo, ou que nosso parceiro de venda tenha oferta diferente (tentamos manter no site as melhores ofertas para você). Ao solicitar a contração de um serviço, verifique os termos da contratação com o provedor do serviço.