Carregando...

Melhor Plano

Controlar conta de celular

4 maneiras de controlar a conta de celular e manter as finanças em dia

O diabo mora nos detalhes, assim com o descontrole financeiro. Muitas vezes são as pequenas contas, aquelas que não damos muita importância, que quando consolidadas e agrupadas por um período maior (anualmente, por exemplo) fazem diferença.

Por isso, as despesas com internet, TV e telefone merecem sua atenção. Uma pesquisa recente do aplicativo financeiro GuiaBolso mostrou que, em média, o brasileiro gasta 7,6% da renda nestas três contas, o que representa um valor de quase R$ 162 todos os meses.

O porcentual sobe para 8% se considerada a baixa renda (classes D e E). Numa primeira avaliação, o valor pode parecer pequeno.

Mas anualmente significa dizer que R $1.950 são destinados a estes serviços. A quantia mensal é muito superior, inclusive, ao percentual destinado a aplicações (1,2%). Ou seja, o brasileiro em geral gasta mais com TV, internet e celular do que investe.

E como fugir dessa enrascada já que até é possível cortar a TV a cabo, mas não o telefone, o celular e a internet?

A resposta pode estar na própria tecnologia. Listamos abaixo 4 passos para verificar suas contas com celular e internet e analisar se você está gastando mais do que deveria nestes serviços!

Acompanhe os gastos

Não tem jeito: você só conseguirá avaliar se está gastando muito com TV, internet e telefone se acompanhar de perto quanto gasta.

Para isso você pode recorrer a uma planilha de Excel, anotando tudo e não se esquecendo nem dos centavos de cada gasto, ou utilizar aplicativos de controle automático, como o GuiaBolso.

Crie categorias

Gastar R $100 com o celular e internet de dados pode ser pouco se você ganha R $10 mil e muito se ganha R $900.

Por isso, agrupe as despesas por categorias e veja qual o percentual de cada uma em relação à renda. Você pode criar uma para mercado, moradia (água, luz, telefone e aluguel), entre outras. Isso será útil para o próximo passo.

Percentual da renda

Internet e celular são consideradas despesas essenciais no dia a dia do brasileiro, assim como alimentação, moradia, saúde e educação.

Tais despesas necessárias para a sobrevivência não deveriam somar mais que 50% da sua renda. Pois é, lembra-se das categorias?

Separe meia hora para separá-las entre essenciais, gastos de estilo de vida (restaurantes, presentes, viagens, TV a cabo, academia, etc).

O ideal é que as despesas necessárias somem 50% da renda, as dispensáveis, 35% e sobre pelo menos 15% para pagar parcelas de dívidas e investir.

Faça cálculos anuais

Outra dica que te ajuda a verificar se está gastando muito em certa conta é nunca avaliá-la sozinha.

Calcule quanto a conta do celular representa anualmente: R$1 mil, R$2 mil, R$3 mil? E você vive reclamando de falta de dinheiro, hein?

Olha aí algo que dá pra ser reduzido e, quem sabe, até te ajude a realizar uma viagem no fim do ano.

O Melhor Plano pode te ajudar a economizar na sua conta. Compare os preços no site e veja se é possível economizar na sua conta.

E você? Acompanha as suas contas de celular? Já parou para fazer estes cálculos?

Este texto foi produzido pelo GuiaBolso, aplicativo de finanças mais baixado do Brasil e, atualmente, disponível para IOS, Android e na versão online no próprio site da empresa.

O app conta com mais de 2 milhões de usuários, que juntos já economizaram R$247 milhões usando o serviço.

Leia também: 5 dicas para economizar na compra do celular

Conteúdo atualizado em

Guia Bolso

Por Guia Bolso

Autor Convidado